Facebook convoca veículos brasileiros para estimular jornalismo local

Inscrições abertas para o Festival 3i de Jornalismo Inovador
Cartilha de Proteção de Dados Pessoais é lançada pela ABRADI

Facebook convoca veículos brasileiros para estimular jornalismo local

Crédito: Reprodução/Internet

Um programa do Projeto Facebook para Jornalismo chegou em 29 de julho ao Brasil.  Tem como enfoque, fortalecer o jornalismo local nas cinco regiões do país. O Acelerador de Notícias Locias selecionou dez veículos brasileiros para participar do programa de 12 semanas de treinamento e mentoria com especialistas, informou o comunicado do Facebook divulgado no dia 24 de julho. O programa também prevê apoio financeiro para que cada meio desenvolva um projeto com foco em jornalismo local. Antes, já havia passado por Estados Unidos, Alemanha, Canadá e Austrália.

Segundo o comunicado, os veículos selecionados foram Correio (Bahia), Correio do Estado (Mato Grosso do Sul), A Crítica (Amazonas), Estado de Minas (Minas Gerais), A Gazeta (Espírito Santo), Gazeta do Povo (Paraná), Jornal do Commercio (Pernambuco), NSC Total (Santa Catarina), O Popular (Goiás) e O Povo (Ceará). Todos os dez estão fora do eixo Rio-São Paulo, que costuma dominar a narrativa jornalística nacional.

“Para este primeiro Acelerador, nosso objetivo foi encontrar redações com modelos de negócios similares, iniciativas digitais e que atingissem uma área maior”, explicou Sabrina Cimenti. Gerente de parcerias estratégicas do Facebook no Brasil, a executiva conversou com o Knight Center for Journalism in the Americas. Para ela, o Acelerador de Notícias Locais é parte de um programa global do Facebook que promete investir US$ 300 milhões em diversas iniciativas de fomento ao jornalismo local.

O anúncio do investimento da empresa, foi divulgado em janeiro de 2019, a decisão foi seguida a contínuas críticas ao Facebook por seu papel na disseminação de desinformação, pela mudança em seu algoritmo, que diminuiu o alcance de conteúdo jornalístico na rede social, e por seu modelo de publicidade digital. A estratégia publicitária apanhou uma parcela significativa de uma tradicional fonte de receita de meios de comunicação.

Cimenti afirma que a sociedade requer ver mais notícias locais pela rede social, pois é através dela que acontece uma aproximação melhor com a empresa “As pessoas sempre nos dizem que querem ver mais notícias locais no Facebook. Sabemos que as notícias locais são o ponto de partida para um jornalismo de qualidade. Elas aproximam as comunidades em torno de questões que estão mais próximas delas. As notícias locais também nos ajudam a entender as questões relevantes para nossas comunidades e que afetam nossas vidas”, declara. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *